Fundo
Domingo, 24 de Junho de 2018
Baixe o app do Comece o dia feliz
Play Store App Store
Data comemorativa do dia 13 de junho
Dia de Santo Antônio
Dia de Santo Antônio
Wikimedia Commons

Os portugueses trouxeram as festas juninas para o Brasil, no século XVI. Desde então, foram assimiladas e sofreram adaptações. Hoje, estão dissociadas dos ritos católicos, pertencem ao folclore brasileiro e fazem parte do calendário das datas comemorativas nacionais, sobretudo nas regiões Norte e Nordeste. Nessas festas, são consumidas comidas típicas e há brincadeiras, músicas e danças tradicionais.

Os portugueses trouxeram as festas juninas para o Brasil, no século XVI. Desde então, foram assimiladas e sofreram adaptações. Hoje, estão dissociadas dos ritos católicos, pertencem ao folclore brasileiro e fazem parte do calendário das datas comemorativas nacionais, sobretudo nas regiões Norte e Nordeste. Nessas festas, são consumidas comidas típicas e há brincadeiras, músicas e danças tradicionais.

Os santos do ciclo junino são: Santo Antônio (dia 13), São João (dia 24), São Paulo e São Pedro (dia 29). Estes encerram as comemorações. Conforme orientações da Igreja Católica, os “santos devem ser cultuados na igreja, de acordo com a tradição, pois as festas dos santos juninos pregam as maravilhas de Cristo operadas em seus servos e mostram os exemplos a serem seguidos”.

Santo Antônio é considerado o santo casamenteiro, o que protege o amor e arranja o marido ou a esposa ideal para as pessoas que desejam se casar.

No dia de Santo Antônio as pessoas acendem uma fogueira ao entardecer, acreditando que à noite os pedidos de amor serão realizados. Há também as inusitadas simpatias que envolvem castigos ao querido santo – como virá-lo de costas ou colocá-lo de cabeça para baixo, afogá-lo no poço ou enterrá-lo num pote com arroz, retirar o menino Jesus dos seus braços etc. –, até que o pedido seja atendido.

O arraial, espaço onde se reúnem as pessoas que participam dos festejos, é decorado com bandeirinhas de papel colorido, balões e palha de coqueiro. Nele acontecem as brincadeiras, como forrós, leilões, bingos e os casamentos caipiras, durante a dança das quadrilhas típicas.

Visto que, nessa época, as noites são frias, as pessoas bebem quentão e vinho quente e comem doces de coco, de abóbora e de batata-doce, pamonha, munguzá, canjica, paçoca, pipoca, pé de moleque, bolo de fubá, curau, tapioca, espiga de milho assada ou cozida etc.

Hoje em dia, as pessoas preferem comemorar o dia de Santo Antônio em restaurantes, shoppings e hipermercados, que preparam o ambiente para evocar a simplicidade do povo da roça.

Retirado do livro: “Datas comemorativas cívicas e históricas”, Paulinas Editora.