Fundo
Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018
Baixe o app do Comece o dia feliz
Play Store App Store
Data comemorativa do dia 18 de setembro
Dia dos Símbolos Nacionais
Dia dos Símbolos Nacionais
Wikipedia Commus

Há quatro símbolos significativos da Pátria, ou seja,d símbolos nacionais: a Bandeira Nacional, o Hino Nacional, as Armas Nacionais e o Selo Nacional.

A Bandeira Nacional foi adotada pelo decreto n. 4, de 19/11/1889, com as alterações da lei n. 5.700, de 1º/9/1971, e da lei n. 8.421, de 11/5/1992. As estrelas gravadas na bandeira são as mesmas que se apresentavam no céu da cidade do Rio de Janeiro às 20h30 do dia 15 de novembro de 1889, Dia da Proclamação da República. Na faixa branca que corta o círculo, está inscrita, em verde, a expressão “ORDEM E PROGRESSO”.

O “Hino Nacional” foi instituído pelo decreto n. 171, de 20/1/1890, e oficializado pelo decreto n. 15.671, de 6/9/1922. A composição musical é do maestro Francisco Manoel da Silva, e a letra, um poema de Joaquim Osório Duque Estrada. A marcha batida é de autoria do mestre de música Antão Fernandes. O arranjo, a ser executado por instrumental, é em si bemol; para a adaptação vocal, usa-se fá maior. As condições para a execução do “Hino Nacional” estão previstas nos artigos 6º, 24 e 25 da lei n. 5.700/1971, alterados pela lei n. 8.421/1992.

As Armas Nacionais são símbolos criados pelo decreto n. 4/1889, com as alterações da lei n. 5.700/1971 e da lei n. 8421/1992. Constam de um escudo em campo azul-celeste, contendo cinco estrelas de prata na forma da constelação do Cruzeiro do Sul. O escudo sobrepõe-se a uma estrela partida gironada. Ao fundo, há uma espada com uma estrela de prata sobre o cimo do punho, sobre uma coroa de um ramo de café com frutos à esquerda e, à direita, um ramo de fumo florido. O conjunto repousa sobre um esplendor de ouro, cujos contornos formam uma estrela de vinte pontos. Sobre o punho da espada, há um listel com a inscrição “República Federativa do Brasil”; à esquerda, “15 de novembro”; à direita, “de 1889”. O seu emprego está previsto no artigo 8º da lei n. 5.700/1971.

O Selo Nacional, conforme o artigo 9º da mesma lei, compõe-se de um círculo igual ao encontrado na Bandeira Nacional, com a inscrição: “República Federativa do Brasil”. O Selo Nacional é usado para autenticar atos do governo e diplomas expedidos por estabelecimentos de ensino oficiais ou reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC).

As cores nacionais são o verde e o amarelo; podem ser usadas sem restrições, mesmo associadas ao azul e ao branco. O verde, presente no retângulo de nossa bandeira, simboliza nossas matas. O amarelo, presente no losango, simboliza as riquezas minerais do solo brasileiro. O azul, presente no círculo, simboliza nosso céu estrelado. O branco, presente na faixa que corta o círculo, representa a paz.

Retirado do livro: “Datas comemorativas cívicas e históricas”, Paulinas Editora.