Fundo
Sexta-feira, 14 de Dezembro de 2018
Baixe o app do Comece o dia feliz
Play Store App Store

Evangelho do dia 14/06/2018

10ª Semana do Tempo Comum - Ano B - Verde
1ª Leitura: 1Rs 18,41-46 Salmo: 65(64) - Ó Senhor, que o povo vos louve em Sião!
evangelho
Vai primeiro reconciliar-te - Mt 5,20-26

“Eu vos digo: Se vossa justiça não for maior que a dos escribas e dos fariseus, não entrareis no Reino dos Céus. Ouvistes que foi dito aos antigos: ‘Não cometerás homicídio! Quem cometer homicídio deverá responder no tribunal’. Ora, eu vos digo: todo aquele que tratar seu irmão com raiva deverá responder no tribunal; quem disser ao seu irmão ‘imbecil’ deverá responder perante o sinédrio; quem chamar seu irmão de ‘louco’ poderá ser condenado ao fogo do inferno. Portanto, quando estiveres levando a tua oferenda ao altar e ali te lembrares que teu irmão tem algo contra ti, deixa a tua oferenda diante do altar e vai primeiro reconciliar-te com teu irmão. Só então, vai apresentar a tua oferenda. Procura reconciliar-te com teu adversário, enquanto ele caminha contigo para o tribunal. Senão o adversário te entregará ao juiz, o juiz te entregará ao oficial de justiça, e tu serás jogado na prisão. Em verdade, te digo: dali não sairás, enquanto não pagares o último centavo.”

Bíblia Sagrada, tradução da CNBB, 2ª ed., 2002.
Clique nos títulos para ler o conteúdo.
Oração Inicial

Pela escuta e meditação da Palavra, somos convidados pelo Senhor a viver os seus ensinamentos. Que o Espírito Santo venha em nosso auxílio e nos mostre o caminho que a Palavra deseja realizar na vida de cada um de nós.
Rezemos: “Senhor Jesus Cristo, envia sobre nós, como prometeste, teu Espírito Santo. Que Ele nos conceda a vida e nos ensine a plenitude da verdade. Que nele encontremos a salvação, felicidade e plenitude de amor. Amém.”

Leitura (Verdade)

O que diz o texto? A quem Jesus está instruindo? Quais são as suas exortações? Qual é o caminho apontado por Jesus?
“Qual é a justiça maior que a dos escribas e fariseus, necessária para entrar no Reino dos Céus? A justiça do Reino é formulada em seis antíteses (vv. 21-26; 27-30; 31-32; 33-37; 38-42; 43-47). A primeira antítese (vv. 21-26) retoma a bem-aventurança da mansidão (5,4) e a exemplifica. Não só é proibido matar, como não se pode dar títulos ofensivos ao irmão. Esta primeira antítese de não matar (cf. Ex 20,3; Dt 5,7) visa não só à morte física, mas a toda ofensa moral cometida contra o irmão explicitada pela tríade: raiva, imbecil e louco. A ilustração positiva desta sentença é fornecida pelas duas sentenças sobre a reconciliação. Ao homem que vai apresentar a sua oferta, Deus lhe permite lembrar não só o mal cometido contra alguém, mas também um mal que alguém cometeu contra ele. O perdão e a reconciliação são exigidos para que o homem, membro do povo de Deus, proceda como Deus” (Carlos Alberto Contieri, sj, em “A Bíblia dia a dia”, da Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)

O que o texto diz a você hoje? Como você acolhe os ensinamentos de Jesus em sua vida? Qual apelo o Senhor lhe faz? O que Ele o(a) convida a viver hoje? Quais sentimentos a Palavra despertou em você?

Oração (Vida)

Invocações a Jesus Mestre: “Jesus Mestre, santificai meus pensamentos e aumentai minha fé. Jesus Mestre, libertai-me do desânimo e fortificai minha esperança. Jesus, Mestre vivo na Igreja, ajudai-me a viver a solidariedade e o amor. Jesus Mestre, caminho entre o Pai e nós, tudo vos ofereço e de Vós tudo espero. Jesus, caminho da santidade, tornai-me vosso fiel seguidor. Jesus Caminho, tornai-me perfeito como o Pai que está nos céus. Jesus Vida, vivei em mim, para que eu viva em vós. Jesus Vida, fazei-me viver eternamente na alegria do vosso amor. Jesus Verdade, que eu seja luz para o mundo. Jesus Caminho, que eu seja vossa testemunha autêntica diante de todos. Jesus Vida, fazei que minha presença comunique vosso amor e vossa alegria. Amém.”

Contemplação (Vida e Missão)

Qual é a aplicação da Palavra em sua vida? O que você se propõe a viver hoje? Como pretende atingir esse propósito?

Bênção

- Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
- Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
- Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
- Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

Paulinas

Se temos que observar a Lei, vamos ouvi-la com atenção e dar-lhe pleno cumprimento. Aprendemos no quinto mandamento que não se deve matar. A vida deve ser respeitada desde o seu início até o seu fim natural. Peca contra este mandamento quem tira a vida de uma criança que vai nascer, um nascituro, que não tem como se defender, ou quem tira a vida de um idoso enfraquecido, que também não pode se defender. Jesus ensina que este mandamento inclui também tratar os outros com respeito. Da nossa boca saem palavras desrespeitosas que magoam, ferem e matam. É outra maneira de matar sem usar armas. Em todos os casos, o verdadeiro arrependimento é acompanhado de reparação. A reconciliação movida por um amor mais forte do que a morte vem à frente dos ritos religiosos.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2018’, Paulinas.