Fundo
Segunda-feira, 16 de Setembro de 2019
Baixe o app do Comece o dia feliz
Play Store App Store
Santo do dia 11 de setembro
São Pafnúncio, o Grande
Bispo (+360)
São Pafnúncio, o Grande
Rebeca Venturini/FC

Antônio, Pacômio e Pafnúncio: três nomes que deixaram uma profunda marca na espiritualidade monástica entre os séculos III e IV.

Aos 35 anos, Antônio se estabelecera num castelo em ruínas, no deserto egípcio. Amava a solidão, mas logo a fama desse primeiro anacoreta atraiu ao deserto outros jovens, desejosos de emular-se neste insólito exercício de ascese cristã.

Entre os primeiros discípulos havia Pafnúncio. No tempo da perseguição de Maximiano (311), mestre e discípulo abandonaram o deserto e se dirigiram a Alexandria do Egito para partilhar os perigos e os sofrimentos dos confessores da fé. Coube a Pafnúncio pagar o mais alto contributo à perseguição: foi-lhe furado um olho e cortado um tendão da perna. Pouparam-lhe, entretanto, a vida e ele pôde retornar com Antônio à amada solidão do deserto.

A determinação com que tinha resistido às torturas, mantendo-se firme na fé em Cristo, valeu a Pafnúncio a eleição para uma sé episcopal da Alta Tebaida. E, com vestimentas episcopais, pôde tomar parte no grande Concílio de Nicéia. Sua intervenção nessa reunião ecumênica testemunha sua grande abertura e equilíbrio não somente em matéria doutrinária, mas também nas questões concretas da vida cotidiana.

Foi ele, com efeito, quem convenceu os padres conciliares a não obrigarem os padres casados a se divorciarem de suas mulheres, e suas reflexões se revelam de perene atualidade. Como Antônio e Atanásio, foi um indômito adversário da heresia ariana e nesta luta não se fez de sutil, pois estava em jogo a verdade.

Saepe premente deo fert deus alter opem, escreveu Ovídio em uma de suas elegias: “Com frequência, quando em deus te aflige, outro te estende a mão”.

Perseguido e mutilado pelo imperador Maximiano Daia, Pafnúncio teve o apoio e a admiração incondicional do imperador Constantino, do qual o grande bispo egípcio se serviu para o bem da Igreja.

Retirado do livro: 'Os Santos e os Beatos da Igreja do Ocidente e do Oriente', Paulinas Editora.