Fundo
Quinta-feira, 30 de Março de 2017
Baixe o app do Comece o dia feliz
Play Store App Store
Dica de Vida Saudável do dia 12 de janeiro
Faz bem se sujar
Faz bem se sujar
Freeimages

Cuidado com o excesso de banho. A "sujeirinha" garante à criança proteções naturais e necessárias contra doenças.
Há pais que ficam arrepiados ao ver o filho lambuzado de chocolate e correm atrás dele com um par de chinelos assim que o veem andando descalço. Apesar de bem-intencionados, esse excesso de zelo impede que a criança desenvolva proteções criadas pelo organismo, os tão falados anticorpos. Permitir que o filho se suje não só faz bem, como é essencial para o seu desenvolvimento. Aliás, pode ser perigoso criar filhos dentro de uma redoma de vidro.

"O sistema imunológico tem a responsabilidade de criar sistemas de defesa contra as agressões, mas isso depende obrigatoriamente do contato com o agressor. Um sistema imunológico preservado de qualquer agressão não vai ser muito útil para o organismo da criança" - explica o pediatra e infectologista Evandro Roberto Baldacci. A criança nasce com a imunidade recebida da mãe durante a gestação e começa a desenvolver seu próprio sistema a partir dos seis meses de vida.

Rolar na grama, mexer na terra e colocar alguns objetos na boca, desde que sempre sob supervisão de um adulto, são atitudes que fazem bem para a saúde e o desenvolvimento psicológico das crianças. Dessa forma, é possível criar anticorpos e construir um sistema de defesa natural do corpo. "Há trabalhos que mostram que as crianças muito preservadas do contato com as agressões do meio ambiente são, de um modo geral, as que podem ter problemas maiores de alergias e em seu mecanismo de defesa" - completa o pediatra.

Explorando diferentes sensações:
* Deixe a criança pegar um pouco de comida com as mãos, quando ela está aprendendo a comer.
* Promova em família uma sessão de pintura ou escultura em argila. Suje-se com seus filhos.
* Permita que a criança mexa na grama e na areia e caminhe descalça sobre superfícies de texturas e temperaturas diferentes.
* Estimule seu filho a experimentar cheiros diversos: ofereça flores de aromas diferentes e explore os temperos da cozinha.

Juliana Borga/Revista Família Cristã, edição 894.