Fundo
Domingo, 19 de Novembro de 2017
Baixe o app do Comece o dia feliz
Play Store App Store

Evangelho do dia 14/11/2017

32ª Semana do Tempo Comum - Ano A - Verde
1ª Leitura: Sb 2,23-3,9 Salmo: 34(33) - Bendirei o Senhor em todo tempo.
evangelho
Somos simples servos, fizemos o que devíamos fazer - Lc 17,7-10

“Se alguém de vós tem um servo que trabalha a terra ou cuida dos animais, quando ele volta da roça, lhe dirá: ‘Vem depressa para a mesa’? Não dirá antes: ‘Prepara-me o jantar, arruma-te e serve-me, enquanto eu como e bebo. Depois disso, tu poderás comer e beber’? Será que o senhor vai agradecer o servo porque fez o que lhe havia mandado? Assim também vós: quando tiverdes feito tudo o que vos mandaram, dizei: ‘Somos simples servos; fizemos o que devíamos fazer’.”

Bíblia Sagrada, tradução da CNBB, 2ª ed., 2002.
Clique nos títulos para ler o conteúdo.
Oração Inicial

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém! Acolhamos a Palavra como discípulos missionários a serviço do Reino e abramo-nos à ação do Espírito Santo, que reza em nós, dizendo: “Ó divino Espírito, ensina-me tudo quanto Jesus ensinou. Amém!”

Leitura (Verdade)

O que diz o texto bíblico? Leia o texto do Evangelho de hoje pausadamente, quantas vezes julgar necessário, e destaque seus personagens. A quem Jesus está instruindo? O que significa ser servo? Qual característica de Jesus o texto nos revela? Que ensinamento Jesus nos dá por meio do Evangelho?

Meditação (Caminho)

O que o texto diz a você? Durante a leitura, que palavra o(a) tocou mais profundamente? De que forma o texto fortalece sua caminhada de fé? Se sentir necessidade, leia o Evangelho novamente, para fazer a sua meditação e acolher os ensinamentos de Jesus para a sua vida. O que significa para você viver a humildade e o serviço generoso a exemplo de Jesus, que veio para servir, e não ser servido?

Oração (Vida)

O que o texto o(a) leva a dizer a Deus? Recordando o que você escutou do Senhor por meio de sua Palavra, faça a sua oração, com a certeza de que Ele está com você e escuta os seus pedidos e louvores. Fale com Deus, Pai de amor e perdão, e confie que Ele lhe concederá o que necessita para melhor viver o seu seguimento.

Contemplação (Vida e Missão)

Qual novo olhar nasceu em você, a partir da Palavra? Sintetize em poucas palavras o apelo que você sentiu, para colocá-lo em prática durante o dia.

Bênção

- Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
- Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
- Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
- Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

Leitura orante: Equipe de Redação Paulinas Internet.

“Somos servos inúteis”, assim está escrito no texto grego. Se fizemos tudo o que tínhamos que fazer, e fizemos bem, por que dizer que somos inúteis? Mateus usa a mesma expressão na parábola dos talentos, em relação ao servo que nada produziu e é chamado de “inútil” e lançado “lá fora nas trevas”. Há uma inutilidade de consideração e há uma inutilidade real. A inutilidade real se aplica a quem é incapaz até de fazer alguma coisa errada. Há gente que só se move se for empurrado. É maldade, preguiça, indisposição, verminose? Sentado de cócoras, com indisposição, barriga cheia de vermes, o pobre irmão parece inútil. De fato, ele representa outra categoria, a dos inutilizados. Por que alguém se encosta no barranco e espera a vida passar? Por que estava à toa na vida? Por que ninguém o contratou? É melhor não julgar! Há também uma inutilidade de consideração, de quem não se atribui méritos para obter recompensa. No leito de morte a mãe dizia às filhas adultas: “Estou dando trabalho a vocês”. E elas: “Nós é que lhe demos trabalho na nossa infância”. A mãe: “E era trabalho?”. Eis a boa serva inútil, que fez o que tinha que fazer com alegria e disposição para continuar fazendo. Não fez tudo o que quis, mas fez o que pôde. Aqui termina a quarta etapa da viagem lucana para Jerusalém.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2017’, Paulinas.