Fundo
Sábado, 24 de Outubro de 2020
Baixe o app do Comece o dia feliz
Play Store App Store

Evangelho do dia 09/05/2016

7ª Semana da Páscoa - Ano C - Branca
1ª Leitura: At 19,1-8 Salmo: Sl 68(67) - Reinos da terra, cantai a Deus.
evangelho
Tende coragem. Eu venci o mundo! - Jo 16,29-33

Os seus discípulos disseram: “Agora, sim, falas abertamente, e não em figuras. Agora vemos que conheces tudo e não precisas que ninguém te faça perguntas. Por isso acreditamos que saíste de junto de Deus!”. Jesus respondeu: “Credes agora? Eis que vem a hora, e já chegou, em que vos dispersareis, cada um para seu lado, e me deixareis sozinho. Mas eu não estou só. O Pai está sempre comigo. Eu vos disse estas coisas para que, em mim, tenhais a paz. No mundo tereis aflições. Mas tende coragem! Eu venci o mundo”.

Bíblia Sagrada, tradução da CNBB, 2ª ed., 2002.
Clique nos títulos para ler o conteúdo.
Oração Inicial

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém! Estamos na última semana da Páscoa, semana de oração pela unidade dos cristãos.
Peçamos ao Espírito Santo que nos dê a graça da sabedoria, para compreendermos a Palavra que o Senhor direciona a nós neste tempo de oração. “Vinde, Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor. Enviai, Senhor, o vosso Espírito, e tudo será criado, e renovareis a face da terra. Oremos: ó Deus, que instruístes os corações dos vossos fiéis com a luz do Espírito Santo, fazei que apreciemos retamente todas as coisas, segundo o mesmo Espírito, e gozemos sempre da sua consolação, por Cristo, Senhor nosso. Amém!”

Leitura (Verdade)

O que diz o texto bíblico? Leia-o pausadamente, uma, duas ou três vezes, destacando os verbos e os personagens que mais lhe chamam atenção. Procure descobrir qual seu tema central e busque outros textos que possam ajudá-lo(a) a compreendê-lo. No Evangelho de hoje, Jesus fala aos discípulos que eles terão aflições e passarão por dificuldades em sua missão.

Meditação (Caminho)

O que o texto diz diretamente a você? Ao lê-lo, procure identificar o que ele tem a lhe dizer, pois este é o momento em que você pode ouvir a voz do Senhor por meio de sua Palavra. Se você por acaso sentir que precisa ler o texto novamente, faça-o. Durante a leitura, deixe-se tocar pela Palavra e escute o que Deus tem a lhe dizer.

Oração (Vida)

O que o texto o(a) leva a dizer a Deus? Agora que você já escutou o que o Senhor tinha a lhe dizer por meio da Palavra, abra o seu coração e fale também com Ele. Se sentir a necessidade de agradecer, agradeça; se precisar pedir algo, peça. O momento é seu e de Deus; não deixe esta graça passar.

Contemplação (Vida e Missão)

O que a Palavra o(a) faz experimentar? Contemple, neste momento, o que ela deixou em você. Faça silêncio por alguns minutos e procure dar nome ao sentimento que brotou em seu coração. Recolha o apelo que Deus despertou em você por meio da Palavra e procure dar-lhe uma resposta durante o dia.

Bênção

- Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
- Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
- Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
- Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

Leitura orante: Equipe de Redação Paulinas Internet.

Termina o sermão de despedida. A hora já chegou. Jesus se encaminha para a sua Paixão e Morte. Acreditam agora? – pergunta Jesus. É hora de crer mais do que compreender, sobretudo porque começam as aflições. Jesus os quer unidos a ele e unidos entre si. No entanto, eles vão se dispersar e Jesus ficará sozinho, mas em Jesus eles terão a paz enquanto no mundo terão aflições. Estas aflições não tirarão a paz dos discípulos, paz que vem de Jesus que, apesar de tudo, não está só. Nunca está só, porque o Pai está com ele. Esta é a hora da vitória. Tenham coragem. Eu venci o mundo. Os discípulos podem ficar em paz, não por estarem pessoalmente seguros, mas por aquele que lhes transmite a paz. Ele é o vencedor da última batalha. As aflições não são apenas sinônimo das perseguições que se abaterão sobre os que creem em Cristo. Pensávamos, por vezes, que fossem coisas do passado, das perseguições romanas.
No entanto, embora o mundo da antiga cristandade não queira ver nem ouvir, os cristãos ainda são decapitados e crucificados e sempre mais excluídos do mundo das decisões. As aflições estão presentes nas dificuldades de conciliação entre a paz de Cristo e o esquema do mundo. Nós o deixamos sozinho. Ele, porém, não nos deixa órfãos.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2016’, Paulinas.