Fundo
Quinta-feira, 24 de Maio de 2018
Baixe o app do Comece o dia feliz
Play Store App Store

Evangelho do dia 24/05/2018

7ª Semana do Tempo Comum - Ano B - Verde
1ª Leitura: Tg 5,1-6 Salmo: 49(48) - Deus vai resgatar-me, vai livrar-me do poder do Abismo.
evangelho
Tende sal em vós mesmos - Mc 9,41-50

“Quem vos der um copo de água para beber porque sois de Cristo, não ficará sem receber a sua recompensa. E quem provocar a queda um só destes pequenos que creem em mim, melhor seria que lhe amarrassem uma grande pedra de moinho ao pescoço e o lançassem no mar. Se tua mão te leva à queda, corta-a! É melhor entrares na vida tendo só uma das mãos do que, tendo as duas, ires para o inferno, para o fogo que nunca se apaga. Se teu pé te leva à queda, corta-o! É melhor entrar na vida tendo só um dos pés do que, tendo os dois, ser lançado ao inferno. Se teu olho te leva à queda, arranca-o! É melhor entrar no Reino de Deus tendo um olho só do que, tendo os dois, ir para o inferno, onde o verme deles não morre e o fogo nunca se apaga. Todos serão salgados pelo fogo. O sal é uma coisa boa; mas se o sal perder o sabor, como devolver-lhe o sabor? Tende sal em vós mesmos e vivei em paz uns com os outros.”

Bíblia Sagrada, tradução da CNBB, 2ª ed., 2002.
Clique nos títulos para ler o conteúdo.
Oração Inicial

No início de nossa oração, peçamos que o Espírito Santo venha em nosso auxílio e nos mostre o caminho que a Palavra deseja realizar na vida de cada um de nós.
Rezemos: “Senhor Jesus Cristo, envia sobre nós, como prometeste, teu Espírito Santo. Que Ele nos conceda a vida e nos ensine a plenitude da verdade. Que nele encontremos a salvação, felicidade e plenitude de amor. Amém.”

Leitura (Verdade)

O que diz o texto bíblico? Neste momento, leia atentamente o Evangelho, refletindo sobre o sentido de cada frase ou versículo, e identifique o tema central da narrativa.
“Jesus continua a instruir os seus discípulos sobre como se comportar ante a diversidade. O bem também é feito fora da comunidade dos discípulos. A comunidade é chamada a se abrir ao bem que vem de outrem; pois ela também é beneficiária do bem que outros, ‘de fora’, lhe fazem: ‘Quem vos der um copo de água…’ (v. 41). Da comunidade é exigida coerência. O escândalo é uma pedra de tropeço que impede outros de progredirem na vida cristã. A comunidade precisa estar aberta para acolher e sustentar, com o seu testemunho, os que se aproximam dela, para ajudá-los a ter uma verdadeira mistagogia. Por isso, o escândalo, ante a incoerência interna, da distância entre o crer e o agir, entre o falar e praticar, deve ser rechaçado veementemente. Segundo Mt 5,13, o discurso é ‘sal da terra’. Mc 9,50 diz que o ‘sal é bom’. É bom na justa medida: nem mais, nem menos. A presença do discípulo, portador do mistério pascal de Cristo, deve dar sentido à vida. No entanto, se ele desvirtua sua missão, é como o sal que perdeu suas propriedades, incapaz de dar sabor a todas as coisas” (Carlos Alberto Contieri, sj, em “A Bíblia dia a dia”, da Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)

O que o texto diz para a sua vida? Leia o Evangelho novamente e procure assimilar a Palavra, atualizá-la e ligá-la à sua vida. Deixe-se tocar pela Palavra do Senhor e busque identificar o caminho que Ele o(a) convida a seguir.

Oração (Vida)

O que o texto o(a) leva a dizer a Deus? Faça a sua oração, apresentando a Deus seu louvor, seus pedidos e suas intenções.

Contemplação (Vida e Missão)

Qual novo olhar nasceu em você, a partir da Palavra? Faça uma síntese da Palavra para vivê-la ao longo do dia.

Bênção

- Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
- Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
- Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
- Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

Paulinas

Muita gente, fora da comunidade cristã, faz a obra de Cristo e tem muito valor aos olhos de Deus. Isso em nada diminui os que professam a fé cristã. Não ficará sem recompensa quem lhes der um copo d’água. Os seguidores de Jesus são pequenos; creem nele e merecem todo respeito e toda consideração. Pequenos também são as crianças, que não podem em hipótese alguma ser objeto de nossa maldade nem de nossas más inclinações. Quantas e quantas crianças sem família no meio de refugiados da miséria e das guerras! Estas, contando o tempo da vida humana, ainda têm um futuro, se encontrarem um ambiente propício ao seu desenvolvimento. Não causaram a situação em que vivem. São apenas vítimas. Tem sal em si mesmo quem tem o Espírito de Deus e trabalha para que todos possam viver em paz uns com os outros.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2018’, Paulinas.