Fundo
Quinta-feira, 04 de Junho de 2020
Baixe o app do Comece o dia feliz
Play Store App Store

Evangelho do dia 04/06/2020

9ª Semana do Tempo Comum - Ano A - Verde
1ª Leitura: 2Tm 2,8-15 Salmo: Sl 25(24) - Mostra-me, Senhor, os teus caminhos!
evangelho
Qual é o primeiro de todos os mandamentos? - Mc 12,28b-34

Então se aproximou dele e perguntou: “Qual é o primeiro de todos os mandamentos?” Jesus respondeu: “O primeiro é este: ‘Ouve, Israel! O Senhor nosso Deus é um só. Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, com toda a tua alma, com todo o teu entendimento e com toda a tua força!’ E o segundo mandamento é: ‘Amarás teu próximo como a ti mesmo!’ Não existe outro mandamento maior do que estes”. O escriba disse a Jesus: “Muito bem, Mestre! Na verdade, é como disseste: ‘Ele é o único, e não existe outro além dele’. Amar a Deus de todo o coração, com toda a mente e com toda a força, e amar o próximo como a si mesmo, isto supera todos os holocaustos e sacrifícios”. Percebendo Jesus que o escriba tinha respondido com inteligência, disse-lhe: “Tu não estás longe do Reino de Deus”. E ninguém mais tinha coragem de fazer-lhe perguntas.

Bíblia Sagrada, tradução da CNBB, 2ª ed., 2002.
Clique nos títulos para ler o conteúdo.
Oração Inicial

A Palavra de Deus hoje nos convida a rever a nossa capacidade de amar. Amar a Deus e amar o próximo. Nem sempre percebemos a estreita relação entre esses dois mandamentos. Santa Teresa de Calcutá, em uma de suas frases, afirma que “é fácil amar os que estão longe. Mas nem sempre é fácil amar os que vivem ao nosso lado”.
No início desta leitura orante, abra seu coração para o diálogo com o próprio Deus por meio de sua Palavra. Deixe-se conduzir pela ação do Espírito Santo, que reza em nós:


Leitura (Verdade)

Quais são as palavras ou gestos de Jesus? Qual tema perpassa a discussão dos personagens? Procure identificar o contexto do relato evangélico: lugares, pessoas, perguntas feitas...

“Uma das características das sociedades decadentes é a multiplicação das leis. Assim eram os judeus do tempo de Cristo. Sua ótica era fundamentalista: observar a lei assim como se apresentava, mas não havia preocupação com o espírito da lei. Ignorando as centenas de leis e preceitos, Jesus proclama o Amor a Deus como o maior mandamento. Sem ser perguntado, Jesus acrescenta um segundo mandamento: amor ao próximo. Estes dois mandamentos resumem toda a lei. Provamos nosso amor a Deus amando o próximo. O diálogo entre Jesus e o escriba termina bem. Isto mostra como o entendimento é possível. Mesmo difícil, devemos acreditar no ecumenismo, que pode ser resumido numa frase: buscar a verdade com amor.” (Viver a Palavra – 2020. Frei Aldo Colombo - Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)

Qual palavra do Evangelho encontrou profunda sintonia com a minha vida, com as minhas atitudes? Em meu trabalho, em meu relacionamento com as pessoas, como procuro viver os ensinamentos de Jesus? Quais sentimentos o texto despertou em meu coração? br>
Sem amor não conseguimos ser presença de esperança na vida dos irmãos, sem amor não há compromissos duradouros, sem amor não há seguimento de Jesus, sem amor a vida perde o sentido, sem amor não há como resgatar a dignidade das pessoas, sem amor não tem sentido doar a vida, sem amor não há perdão, felicidade ou libertação...

Oração (Vida)

Ofereça a Deus os frutos da sua oração, da sua meditação e da contemplação da Palavra. Apresente a Ele os desejos que brotaram em seu coração...
Reze a segunda parte da oração que Jesus nos ensinou: “O pão nosso de cada dia nos dai hoje. Perdoai as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido. E não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.”

Contemplação (Vida e Missão)

Qual é a aplicação da Palavra em sua vida? O que você se propõe viver? Como pretende atingir esse propósito?

Bênção

- Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
- Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
- Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
- Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

Ir. Carmen Maria Pulga

Ilumine o seu dia com a luz do amor. O amor é mais do que um bom sentimento. É o próprio Espírito Santo em nós. “O amor de Deus foi derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado”, escreve o apóstolo São Paulo aos romanos. Perguntaram a Jesus qual era o primeiro de todos os mandamentos. Não o primeiro em ordem numérica, e sim o primeiro em importância. Jesus respondeu recitando o Shemá Israel, “Ouve Israel”, que todos conheciam de cor. E acrescentou por conta própria, sem ter sido perguntado: “O segundo mandamento é: Amarás teu próximo como a ti mesmo”. Não queira amar a Deus sobre todas as coisas sem, ao mesmo tempo, amar o próximo como Jesus amou. Ensina o apóstolo São João que, se nos amarmos uns aos outros, Deus permanecerá em nós, e o seu amor em nós será levado à perfeição. E ensina também que, quem não ama o seu irmão a quem vê, não poderá amar a Deus a quem não vê”.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2020’, Paulinas.