Fundo
Domingo, 19 de Maio de 2024
Paulinas - A comunicação a serviço da vida

Evangelho do dia 02/01/2024

São Basílio Magno e São Gregório Naziazeno, bispos e doutores da Igreja - Ano B - Branca
1ª Leitura: 1Jo 2,22-28 Salmo: Sl 98(97) - Aclamai ao Senhor, terra inteira.
evangelho
Endireitai o caminho do Senhor - Jo 1,19-28

Este é o testemunho de João, quando os judeus lhe enviaram de Jerusalém sacerdotes e levitas para lhe perguntarem: “Tu, quem és?” Ele reconheceu e não negou. Reconheceu: “Eu não sou o Cristo”. Eles lhe perguntaram: “Quem, então? Tu és Elias?” Ele disse: “Não sou”. “És tu o Profeta?” Ele respondeu: “Não”. Disseram‑lhe, então: “Quem és? Dize‑nos para que possamos dar uma resposta àqueles que nos enviaram. Que dizes de ti mesmo?” Ele disse: “Eu sou uma voz de alguém que clama no deserto: ‘Endireitai o caminho do Senhor’, como disse o profeta Isaías”. E aqueles tinham sido enviados pelos fariseus. Eles lhe perguntaram: “Por que, então, batizas se tu não és o Cristo, nem Elias, nem o Profeta?” João lhes respondeu: “Eu batizo com água; no meio de vós está quem não conheceis, aquele que vem depois de mim, de quem não sou digno de desatar a correia de sua sandália”. Isso aconteceu em Betânia, do outro lado do Jordão, onde João estava batizando.

A Bíblia: Novo Testamento, tradução da editora Paulinas, 2015.
Clique nos títulos para ler o conteúdo.
Oração Inicial

Senhor Jesus, te damos graças por tua Palavra que nos faz compreender melhor a vontade do Pai. Faz com que teu Espírito ilumine nossas ações e nos comunique a força para seguir o que tua Palavra nos revela. Faz que, como Maria, sua mãe, possamos não só escutar, mas também por em prática a tua Palavra. Tu que vives e reinas com o Pai na unidade do Espírito Santo por todos os séculos. Amém.



Rezemos: “Vem, Espírito Santo! Faze-nos amar as Escrituras, para reconhecermos a voz viva de Jesus. Torna-nos humildes e simples, a fim de compreendermos os mistérios do Reino de Deus. Amém.”

Leitura (Verdade)

O que diz o texto? Qual a diferença entre o batismo de João e o de Jesus? Quem foi João na História da Salvação?

Evangelho: Jo 1,19-28 Este é o testemunho de João, quando os judeus lhe enviaram de Jerusalém sacerdotes e levitas para lhe perguntarem: “Tu, quem és?” Ele reconheceu e não negou. Reconheceu: “Eu não sou o Cristo”. Eles lhe perguntaram: “Quem, então? Tu és Elias?” Ele disse: “Não sou”. “És tu o Profeta?” Ele respondeu: “Não”. Disseram‑lhe, então: “Quem és? Dize‑nos para que possamos dar uma resposta àqueles que nos enviaram. Que dizes de ti mesmo?” Ele disse: “Eu sou uma voz de alguém que clama no deserto: ‘Endireitai o caminho do Senhor’, como disse o profeta Isaías”. E aqueles tinham sido enviados pelos fariseus. Eles lhe perguntaram: “Por que, então, batizas se tu não és o Cristo, nem Elias, nem o Profeta?” João lhes respondeu: “Eu batizo com água; no meio de vós está quem não conheceis, aquele que vem depois de mim, de quem não sou digno de desatar a correia de sua sandália”. Isso aconteceu em Betânia, do outro lado do Jordão, onde João estava batizando.

“As elites de Jerusalém querem o testemunho de João Batista. A resposta “Eu não sou o Cristo” dá início a um diálogo sobre a expectativa messiânica da fé judaica. Não há demagogia nas palavras de João. Ele é claro e verdadeiro: “Eu não sou profeta nem o Messias que vocês esperam. Sou apenas uma voz que clama no deserto”. E fala sobre a pessoa de Jesus, o Messias, que irá conduzir o povo para um novo caminho de verdade e de vida. Sermos verdadeiros, conscientes de nosso lugar social e do compromisso cristão, é sermos coerentes com o Evangelho. Nossas atitudes devem ser claras, humildes, em sintonia com as de Jesus. Somente assim seremos, como João, precursores da presença de Deus em nosso meio.” (Viver a Palavra – 2024 - Ir. Carmen Maria Pulga - Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)

A Palavra nos chama à mesma coragem de João Batista, anunciando com a vida a verdade de Cristo.
Meu coração está disposto a acolher a revelação de Jesus apresentado pelos profetas e apontado por João?
Sinto-me incluído/a entre os que acolhem a Luz de Deus e a anunciam com coragem sincera como João Batista?

Oração (Vida)

Ó Senhor Jesus Cristo, abre os olhos do meu coração para que eu possa ouvir a tua Palavra, que eu entenda e faça a tua vontade, pois sou um peregrino na Terra.
Não escondas de mim os teus mandamentos, mas abre meus olhos, para que eu possa perceber as maravilhas da tua lei.
Fala para mim as coisas ocultas e secretas da tua sabedoria.
Em ti coloco minha esperança, ó meu Deus, de iluminar minha mente e meu entendimento com a luz do teu conhecimento; não apenas para valorizar as coisas que estão escritas, mas para realizá-las, pois tu és a luz para aqueles que jazem nas trevas, e de ti vem toda boa ação e toda graça.

Contemplação (Vida e Missão)

Qual novo olhar nasceu em você a partir da Palavra?
Quais apelos o Senhor lhe faz hoje?
Quais compromissos você deseja assumir em sua vida?
Tornar as pequenas atitudes em testemunho positivo de fé cristã, pode ser uma sugestão prática.

Bênção

- Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
- Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
- Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
- Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém

Ir. Carmen Maria Pulga

Este é o testemunho de João, quando os judeus lhe enviaram de Jerusalém sacerdotes e levitas para lhe perguntarem: “Tu, quem és?” Ele reconheceu e não negou. Reconheceu: “Eu não sou o Cristo”. Eles lhe perguntaram: “Quem, então? Tu és Elias?” Ele disse: “Não sou”. “És tu o Profeta?” Ele respondeu: “Não”. Disseram‑lhe, então: “Quem és? Dize‑nos para que possamos dar uma resposta àqueles que nos enviaram. Que dizes de ti mesmo?” Ele disse: “Eu sou uma voz de alguém que clama no deserto: ‘Endireitai o caminho do Senhor’, como disse o profeta Isaías”. E aqueles tinham sido enviados pelos fariseus. Eles lhe perguntaram: “Por que, então, batizas se tu não és o Cristo, nem Elias, nem o Profeta?” João lhes respondeu: “Eu batizo com água; no meio de vós está quem não conheceis, aquele que vem depois de mim, de quem não sou digno de desatar a correia de sua sandália”. Isso aconteceu em Betânia, do outro lado do Jordão, onde João estava batizando.

Cônego Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2024’, Paulinas.