Fundo
Sexta-feira, 21 de Junho de 2024
Paulinas - A comunicação a serviço da vida

Evangelho do dia 12/03/2024

4ª Semana da Quaresma - Ano B - Roxa
1ª Leitura: Ez 47,1-9.12 Salmo: Sl 46(45) - Deus é para nós refúgio e força.
evangelho
Levanta‑te, toma teu leito e anda - Jo 5,1-16

Depois disso, houve uma festa dos judeus, e Jesus subiu a Jerusalém. Há, em Jerusalém, junto à Porta das Ovelhas, uma piscina chamada, em hebraico, Bezata, com cinco pórticos. Embaixo deles, ficava deitada uma multidão de doentes, cegos e coxos, aguardando o movimento da água. Um anjo do Senhor, de tempos em tempos, descia à piscina e agitava a água. Então o primeiro que descesse após a agitação da água ficava são, fosse qual fosse sua enfermidade. Estava ali um homem doente havia trinta e oito anos. Jesus o viu deitado e, sabendo que já estava assim fazia muito tempo, disse‑lhe: “Queres ficar são?” Respondeu‑lhe o doente: “Senhor, não tenho ninguém que me jogue na piscina quando a água é agitada. Quando eu chego, outro desceu antes de mim”. Disse‑lhe Jesus: “Levanta‑te, toma teu leito e anda”. E, imediatamente, o homem ficou são, tomou seu leito e andava. Ora, era sábado aquele dia. Diziam, então, os judeus ao que fora curado: “É sábado, e não te é permitido carregar teu leito”. Ele lhes respondeu: “Aquele que me fez são, foi que me disse: ‘Toma teu leito e anda’”. Perguntaram‑lhe: “Quem foi que te disse: ‘Toma e anda’?” Mas o que ficara curado não sabia quem era. De fato, Jesus tinha‑se afastado da multidão que estava naquele lugar. Depois disso, Jesus o encontrou no Templo e lhe disse: “Eis que estás são. Não peques mais para que não te aconteça algo pior”. O homem foi e contou aos judeus que fora Jesus quem o fizera são. Por causa disso, os judeus passaram a perseguir Jesus, porque fazia essas coisas no sábado.

A Bíblia: Novo Testamento, tradução da editora Paulinas, 2015.
Clique nos títulos para ler o conteúdo.
Oração Inicial

Estamos aqui para entrar na presença divina e dialogar com Deus. Escutar e falar com Ele. Coloquemo-nos em silêncio, esvaziando a mente de toda a preocupação e deixando que o Evangelho deste dia faça ressonância em nosso ser.



Deixe-se conduzir pela ação do Espírito Santo que reza em nós, repetindo a invocação: “ Divino Espírito Santo, necessito de sua ajuda para conhecer o caminho que devo seguir e força para ser fiel ao que me revelas.”

Leitura (Verdade)

Observe onde está Jesus, em que dia da semana, quem mais estava lá, qual era a dinâmica para a cura, etc.
Qual é o verbo que Jesus usa ao interrogar o paralitico?

Evangelho: Jo 5,1-16 Depois disso, houve uma festa dos judeus, e Jesus subiu a Jerusalém. Há, em Jerusalém, junto à Porta das Ovelhas, uma piscina chamada, em hebraico, Bezata, com cinco pórticos. Embaixo deles, ficava deitada uma multidão de doentes, cegos e coxos, aguardando o movimento da água. Um anjo do Senhor, de tempos em tempos, descia à piscina e agitava a água. Então o primeiro que descesse após a agitação da água ficava são, fosse qual fosse sua enfermidade. Estava ali um homem doente havia trinta e oito anos. Jesus o viu deitado e, sabendo que já estava assim fazia muito tempo, disse‑lhe: “Queres ficar são?” Respondeu‑lhe o doente: “Senhor, não tenho ninguém que me jogue na piscina quando a água é agitada. Quando eu chego, outro desceu antes de mim”. Disse‑lhe Jesus: “Levanta‑te, toma teu leito e anda”. E, imediatamente, o homem ficou são, tomou seu leito e andava. Ora, era sábado aquele dia. Diziam, então, os judeus ao que fora curado: “É sábado, e não te é permitido carregar teu leito”. Ele lhes respondeu: “Aquele que me fez são, foi que me disse: ‘Toma teu leito e anda’”. Perguntaram‑lhe: “Quem foi que te disse: ‘Toma e anda’?” Mas o que ficara curado não sabia quem era. De fato, Jesus tinha‑se afastado da multidão que estava naquele lugar. Depois disso, Jesus o encontrou no Templo e lhe disse: “Eis que estás são. Não peques mais para que não te aconteça algo pior”. O homem foi e contou aos judeus que fora Jesus quem o fizera são. Por causa disso, os judeus passaram a perseguir Jesus, porque fazia essas coisas no sábado.

“Imagine um médico fazendo esta pergunta a um doente: “Queres ficar são?”. Pois é, um ser humano estava havia 38 anos sendo negligenciado pela sociedade, esperando ajuda. Jesus se compadece, não suporta o descaso. Com respeito à liberdade da pessoa, faz o convite: “Queres...?”. Depois de escutar a história do doente e receber sua adesão, Jesus ordena: “Levanta-te, toma teu leito e anda”. Assim é o coração de Deus e assim deve ser o coração dos cristãos. Não é jogar moedas ao acaso para se livrar do incomodo ou em benefício próprio, mas sim aproximar-se, escutar a história dos necessitados e, de comum acordo, buscar solução aos problemas que os afligem. Isso é ser cristão. “ (Viver a Palavra – 2024 - Ir. Carmen Maria Pulga - Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)

Procuro trazer o Evangelho para minha vida.
Como avalio minha mediação entre os necessitados e Jesus? Sirvo de ponte, como ministro de Jesus?
Quais são as tentações que nos levam a deixar os necessitados no abandono, à própria sorte? A preguiça, o amor próprio, o legalismo, a indiferença, o egoísmo?
Eu quero, eu sou capaz de me deixar ajudar, curar, libertar por Jesus, por seu infinito amor?

Oração (Vida)

Deixe seu coração falar a Deus.
Rezemos hoje por todos os ministros da Igreja, os padres e os bispos, cristãos engajados, para que tenham a coragem, a sabedoria e a generosidade de continuamente entregar o povo a Jesus, nunca impedindo ou atrapalhando esse mesmo povo de obter a salvação.

Contemplação (Vida e Missão)

O amor é uma realidade concreta, nos torna altruístas, servidores, compassivos, etc. Que sentimentos o Evangelho despertou em você? O que você quer por em prática hoje?

Bênção

Benção especial da Quaresma
- Deus Pai de misericórdia, conceda a todos, como concedeu ao filho pródigo, a alegria do retorno a casa. Amém.
- O Senhor Jesus Cristo, modelo de oração e de vida, nos guie nesta jornada quaresmal a uma verdadeira conversão. Amém.
- O Espírito de sabedoria e fortaleza nos sustente na luta contra o mal, para podermos com Cristo celebrar a vitória da Páscoa. Amém.
- Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

Ir. Carmen Maria Pulga

Havia trinta e oito anos, um homem esperava ser curado de uma paralisia na piscina da Porta das Ovelhas, em Jerusalém. Jesus estava na cidade para a festa das Semanas, que é a festa de Pentecostes. Ele foi até a piscina e curou aquele homem, que se levantou e começou a andar, cheio de vida, como um ressuscitado. Era sábado, dia sagrado para o Senhor.

Cônego Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2024’, Paulinas.