Fundo
Sexta-feira, 19 de Outubro de 2018
Baixe o app do Comece o dia feliz
Play Store App Store

Evangelho do dia 16/04/2018

3ª Semana da Páscoa - Ano B - Branca
1ª Leitura: At 6,8-15 Salmo: 119 (118) - Dá-me vida conforme a tua palavra!
evangelho
Trabalhai pelo alimento que permanece até à vida eterna - Jo 6,22-29

No dia seguinte, a multidão que tinha ficado do outro lado do mar notou que antes havia aí um só barco e que Jesus não tinha entrado nele com os discípulos, os quais tinham partido sozinhos. Entretanto, outros barcos chegaram de Tiberíades, perto do lugar onde tinham comido o pão depois de o Senhor ter dado graças. Quando a multidão percebeu que Jesus não estava aí, nem os seus discípulos, entraram nos barcos e foram procurar Jesus em Cafarnaum. Encontrando-o do outro lado do mar, perguntaram-lhe: “Rabi, quando chegaste aqui?”. Jesus respondeu: “Em verdade, em verdade, vos digo: estais me procurando não porque vistes sinais, mas porque comestes pão e ficastes saciados. Trabalhai não pelo alimento que perece, mas pelo alimento que permanece até à vida eterna, e que o Filho do Homem vos dará. Pois a este, Deus Pai o assinalou com seu selo”. Perguntaram então: “Que devemos fazer para praticar as obras de Deus?”. Jesus respondeu: “A obra de Deus é que acrediteis naquele que ele enviou”.

Bíblia Sagrada, tradução da CNBB, 2ª ed., 2002.
Clique nos títulos para ler o conteúdo.
Oração Inicial

No início de mais uma semana, em sintonia com a Palavra de Deus, acolhamos o convite de Jesus para trabalharmos pelo alimento que não perece e que permanece até a vida eterna. Esse alimento é o próprio Jesus. Que Ele nos acompanhe neste dia, em nossos trabalhos, estudos, em todas as atividades que realizarmos, e nos sacie com seu amor e sua paz.
Peçamos: “Senhor Jesus Cristo, envia sobre nós, como prometeste, teu Espírito Santo. Que Ele nos conceda a vida e nos ensine a plenitude da verdade. Que nele encontremos a salvação, felicidade e plenitude de amor. Amém.”

Leitura (Verdade)

O que diz o texto? Depois de uma leitura atenta, detenha-se nas palavras que mais chamaram sua atenção. O que procura a multidão? De que forma Jesus os acolhe? Qual questionamento Jesus faz? Quais perguntas a multidão dirige a Jesus? Qual é o tema central da narrativa? O que significa praticar as obras de Deus?
“A multidão, saciada de pão, procura ansiosamente Jesus. No entanto, Jesus revela sua verdadeira motivação, pois não é a ele propriamente que procuram, mas o que ele pode dar: ‘Estais me procurando não porque vistes sinais, mas porque comestes pão e ficastes saciados’ (v. 26). É preciso procurar o Senhor pelo Senhor. A vida do ser humano não pode se reduzir ao material, ao que perece, mas deve ser sustentada pelo alimento não perecível, que introduz na vida eterna e que é dom do Filho. O Filho é, por assim dizer, autenticado pelo Pai (cf. v. 27). Daí que a ‘obra de Deus’, o desejo de Deus, é a fé em Jesus, que ele enviou por amor ao mundo” (Carlos Alberto Contieri, sj, em “A Bíblia dia a dia”, da Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)

O que o texto diz a você? O que significa crer em Jesus, o Pão da Vida? Em que situações procuramos em Jesus a resposta? A obra de Deus é crer em Jesus. Para você, o que significa crer em Jesus?
O Senhor se dá em alimento a nós todos os dias, na Palavra e na Eucaristia, para que nele tenhamos vida. Nele encontraremos a força, a paz, o sustento para nossa caminhada, a certeza de que sua presença nunca nos faltará.

Oração (Vida)

“Jesus, Mestre Divino, Vós sois a vida, o amor. Morrestes numa cruz para o mundo renascer todo novo, vida plena. Nós vos louvamos, Senhor, pela vida que nos dais. Vós viveis em nós, nós vivemos em Vós. Vós sois a nossa vida. Jesus, Mestre divino, dai-nos o Espírito Santo, seremos livres, enfim. Saberemos amar, espalhar só o bem e a paz. Jesus, Mestre divino, plenificai o nosso ser. Nossa vida vos irradie, nossa voz sempre anuncie ao mundo a Boa Nova. Amém.”

Contemplação (Vida e Missão)

Qual apelo a Palavra de Deus despertou em seu coração? O que você se propõe a viver? Como pretende atingir esse propósito?

Bênção

- Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
- Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
- Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
- Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

Paulinas

As pessoas que ficaram do outro lado do mar tomaram os seus barcos e foram procurar Jesus. Queriam saber como e quando ele tinha chegado a Cafarnaum. Uma curiosidade natural. Jesus não responde a essa questão, mas lhes faz uma observação. Jesus sabia que o procuravam, não por causa dele, e sim por causa do pão que tinham comido. Ele lhes diz que trabalhem para ter o alimento que não se perde e que será dado por Jesus. Fazem-lhe então outra pergunta: “O que devemos fazer para praticar as obras de Deus?”. Falam das obras, no plural, e Jesus responde no singular: A obra de Deus é acreditar em Jesus. As obras manifestam a fé que existe antes que as obras sejam feitas.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2018’, Paulinas.