Fundo
Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017
Baixe o app do Comece o dia feliz
Play Store App Store
Dica de Vida Saudável do dia 01 de dezembro
A cebola
A cebola
Freeimages

Pesquisas garantem que cebola ajuda a prevenir vários tipos de câncer e protege contra doenças cardiovasculares. São mais de 600 espécies de cebola existentes no mundo. Do ponto de vista nutricional, ela é rica em substâncias que contêm enxofre. É um alimento com baixo valor energético, pois tem cerca de 94% de água. Tem fibras; vitaminas C, E e as do complexo B; minerais, como potássio, fósforo, cálcio e magnésio; e microminerais, como ferro, cobre, crômio, manganésio e molibdênio.

Por conta desse enorme potencial nutricional, a cebola precisa fazer parte do cardápio regularmente, por funcionar, também, como anti-inflamatório. "Além de sua composição nutricional, a cebola é uma das principais fontes alimentares de um composto fenólico chamado quercetina, que tem sido apontado como potente antioxidante, o que lhe confere um caráter anti-inflamatório sobre as nossas células. Por esse motivo, o consumo regular de cebola, combinado a uma alimentação saudável, tem sido associado à redução do risco de desenvolvimento de doenças crônicas não transmissíveis, como as doenças cardiovasculares e o câncer, além de conferir efeito protetor sobre fígado e rins, e auxiliar na prevenção e tratamento de doenças respiratórias", relata Vanessa de Aguiar, nutricionista na Clínica Sandin e nutricionista responsável técnica na Nova Vida Residencial da Terceira Idade, em Santa Catarina.

Dicas:
No ato da compra, selecione a cebola que esteja limpa, íntegra, com casca externa seca e sem cortes. Geralmente a cebola de qualidade ruim apresenta pequenas manchas escuras e umidade. Ela deve ser armazenada em local bem ventilado, à temperatura ambiente e protegida da luz. Pode ser colocada em cesta ou ser pendurada num fio para que tenha mais ventilação. Não misture com a batata! Uma vez cortada, a cebola deve ser envolvida numa película aderente ou num recipiente plástico, fechado, na geladeira, devendo ser consumida em dois dias.

Cebola frita não tem valor nutricional, pois perde seus valores nutritivos e medicinais, servindo apenas como condimento. Se não for adepto da salada de cebola crua, por conta do gosto muito forte, você pode cortá-la em fatias bem finas, deixar de molho na água gelada com uma pitada de açúcar, lavar bem e temperar a gosto. Também pode usar água fervendo. Não há contraindicação no consumo da cebola, porém, para quem tem estômago delicado, é indicado deixá-la em maceração, ou seja, mergulhada no azeite de oliva, durante a noite, para que perca a acidez. Outra dica é deixá-la dentro d'água com um pouco de suco de limão, durante alguns minutos.

Andreza Espezim/Revista Família Cristã, edição 937.