Fundo
Terça-feira, 16 de Abril de 2024
Paulinas - A comunicação a serviço da vida

Evangelho do dia 22/01/2024

3º Semana do Tempo Comum - Ano B - Verde
1ª Leitura: 2Sm 5,1-7.10 Salmo: Sl 89(88) - Vou cantar para sempre a bondade do Senhor.
evangelho
Se um reino estiver dividido contra si mesmo, esse reino não pode subsistir - Mc 3,22-30

Os escribas que tinham descido de Jerusalém diziam: “Está possuído por Beelzebul”, e: “Pelo príncipe dos demônios expulsa os demônios”. E, tendo‑os chamado para perto de si, dizia‑lhes em parábolas: “Como pode Satanás expulsar Satanás? Se um reino estiver dividido contra si mesmo, esse reino não pode subsistir. Se uma casa estiver dividida contra si mesma, essa casa não poderá subsistir. Se Satanás levantou‑se contra si mesmo e ficou dividido, não pode subsistir, mas tem um fim. Ninguém pode entrar na casa do forte e saquear seus pertences se, primeiro, não amarrar o forte; só então saqueará sua casa. Amém, eu vos digo que tudo será perdoado aos filhos dos homens: os pecados e as blasfêmias que tiverem blasfemado. Mas aquele que blasfemar contra o Espírito Santo não tem remissão para sempre, mas é culpado de um pecado eterno”. Porque diziam: “Tem um espírito impuro”.

A Bíblia: Novo Testamento, tradução da editora Paulinas, 2015.
Clique nos títulos para ler o conteúdo.
Oração Inicial

Na escuta, meditação e contemplação da Palavra de Deus, acolhamos o Senhor que nos fala ao coração. Ele se dá a conhecer e encontrar por aqueles que estão abertos ao mistério de Deus.


Rezemos: “Vem, Espírito Santo! Faze-nos amar as Escrituras, para reconhecermos a voz viva de Jesus. Torna-nos humildes e simples, a fim de compreendermos os mistérios do Reino de Deus. Amém.”

Leitura (Verdade)

Leia pausadamente o Evangelho com uma atitude de escuta e adesão à Palavra de Deus. Observe como os mestres da lei colocam resistência à ação de Jesus, pois não querem mudanças no sistema no qual eles são beneficiados.

Evangelho: Mc 3,22-30 Os escribas que tinham descido de Jerusalém diziam: “Está possuído por Beelzebul”, e: “Pelo príncipe dos demônios expulsa os demônios”. E, tendo‑os chamado para perto de si, dizia‑lhes em parábolas: “Como pode Satanás expulsar Satanás? Se um reino estiver dividido contra si mesmo, esse reino não pode subsistir. Se uma casa estiver dividida contra si mesma, essa casa não poderá subsistir. Se Satanás levantou‑se contra si mesmo e ficou dividido, não pode subsistir, mas tem um fim. Ninguém pode entrar na casa do forte e saquear seus pertences se, primeiro, não amarrar o forte; só então saqueará sua casa. Amém, eu vos digo que tudo será perdoado aos filhos dos homens: os pecados e as blasfêmias que tiverem blasfemado. Mas aquele que blasfemar contra o Espírito Santo não tem remissão para sempre, mas é culpado de um pecado eterno”. Porque diziam: “Tem um espírito impuro”.

Os escribas tentam ligar a atividade de Jesus aos demônios. Não entendem que o poder de cura e os milagres são promotores de vida e libertação, expressam a divindade do Filho de Deus. Mesmo que o Mestre explique a falta de lógica – o demônio não pode afastar a si mesmo –, os escribas não aceitam a novidade do Reino. Falta-lhes amor ao próximo, por isso pecam contra o Espírito Santo, que é Amor. Não entender o agir de Jesus parece não ser o maior pecado, mas não se alegrar com o bem do ser humano, isto sim parece não ter perdão. Entristecer o Espírito de Deus que está no seu irmão, isto é blasfêmia. Portanto, não nos cansemos de fazer o bem, perseveremos no amor, comprometidos com o projeto de Jesus. (Viver a Palavra – 2024 - Ir. Carmen Maria Pulga - Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)

O que Jesus lhe diz por meio do Evangelho de hoje?
Difamar as pessoas é uma forma de silenciá-las, impedir que façam o bem. Será que isso acontece com você? Ou no seu ambiente?
Em tempo de WhatsApp em que as informações se espalham velozmente, qual seu cuidado com a difamação dos outros?

Oração (Vida)

Jesus é o Senhor! O Senhor de tudo e de todos. Dirija-se a Ele com toda a confiança e ore por suas fragilidades, por todos os que são caluniados e silenciados injustamente.
Peça perdão a Deus se tiver consciência de ter ofendido o Espírito Santo no Templo de Deus que é o “Ser” de seu irmão/ã.
“Vinde, Espírito Santo, enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o fogo do Vosso amor. Enviai o Vosso Espírito e tudo será criado, e renovareis a face da Terra! Oremos: Deus que instruístes os corações dos Vossos fiéis, com a luz do Espírito Santo, fazei que apreciemos retamente todas as coisas, segundo o mesmo Espírito e gozemos sempre de Suas consolações, por Cristo, Senhor Nosso. Amém!”

Contemplação (Vida e Missão)

Contemple no silêncio de seu coração a voz de Deus que o/a convida a mudar alguma atitude em relação ao próximo.
Qual apelo a palavra de Deus desperta em seu coração hoje?

Bênção

O Senhor, Deus de amor e paz, habite em vossos corações, oriente os vossos passos e confirme os vossos corações em seu amor. Vá em paz e seja um mensageiro (a) da Boa Nova.

Ir. Carmen Maria Pulga

Algumas pessoas da família de Jesus achavam que ele estava louco. Agora vêm os escribas e dizem que ele está possuído pelo chefe dos demônios. Tanto uns como outros não compreendem nem aceitam o que Jesus faz. Os escribas, que conheciam bem a Lei, se opõem frontalmente a Jesus. Eles se sentem ameaçados por seu ensinamento. Jesus lhes diz que, se o diabo manda que o diabo saia de um possesso, quem ganha é o possesso, que fica limpo e curado, e quem perde é o diabo. E isto é bom. Mas os escribas não estão preocupados com o bem de quem está possuído pelo demônio. Falta-lhe o amor ao próximo, por isso pecam contra o Espírito Santo, que é Amor. Não compreender o que Jesus faz não é um grande problema, como não é um grande problema se o demônio briga com o demônio. O problema é não ficar feliz com aquele que foi curado. Isso é blasfêmia contra o Espírito Santo.

Cônego Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2024’, Paulinas.