Fundo
Quinta-feira, 01 de Outubro de 2020
Baixe o app do Comece o dia feliz
Play Store App Store
Mensagem do dia 17 de setembro
Abençoados e abençoadores
Abençoados e abençoadores
Pixabay

Quem de nós não lembra uma prática simples de religiosidade e familiaridade muito em voga no passado, onde os filhos pediam a bênção aos pais antes de dormir, ou na saída de casa? “Bênção, papai!” “Bênção, mamãe!” “Bênção, padrinho!” “Bênção, madrinha!” E a resposta saía do coração e dos lábios dos pais ou dos padrinhos, dizendo: “Deus te abençoe meu filho!”. “Deus te abençoe meu afilhado!” Tudo era tão próximo e carregado de amor e sintonia!

Hoje, muitos costumes da família patriarcal desapareceram. Em certas regiões, porém, continuam as tradições simples que fazem parte de uma relação sagrada e respeitosa. A bênção de pais a filhos ainda continua! Mesmo entre pessoas amigas que desejam se apoiar em momentos especiais da vida costuma-se desejar: “Deus te abençoe!”.

Se, de um lado, diminuiu a bênção familiar, a procura da bênção continua e aumenta nas praças onde esta é oferecida, seja por ocasião do Natal ou nas festas dos padroeiros. Sou testemunha disto quando a imagem de Santo Antônio é levada aos principais parques da capital, Porto Alegre. As filas são intermináveis e o clamor de cada pessoa brota das dores silenciosas, dos sonhos de uma vida melhor, de ajuste na vivência familiar, da angústia por trabalho e a certeza das atenções de Deus.

O significado da palavra “bênção” vem do latim: “bene-dicere” = falar bem de..., desejar algo bom a alguém. Quem primeiro bendiz é Deus. Sua bênção sempre é eficaz. Por isso a suplicamos, porque nos sentimos necessitados desta força de vida. Na verdade, Cristo chega no meio de nós como a bênção personificada de Deus. Por onde passa chega a bênção. Nele se junta a bênção que vem e a bênção que vai. Por ele nos tornamos abençoados e abençoadores.

A bênção é sempre o encontro de Deus conosco. O bem desejado por Deus a todos os que a ele recorrem e a nossa acolhida se unem na bênção. Se Cristo é a bênção maior, há muitas outras bênçãos que nos são oferecidas em cada momento de nosso viver. A própria vida e possibilidade de convivência já são uma bênção permanente. Há incontáveis bênçãos dentro de nós, ao nosso redor, em nossa frente, acima de nós. Somos abençoados sempre! Importante é exercitar a sintonia com as mil bênçãos que nos envolvem.

Sendo tão abençoados, também somos chamados a ser abençoadores. Sempre, e a todos, podemos desejar “algo bom”. Bendizer é o contrário de maldizer. Bênção é o contrário de maldição. A medida da bênção que nós desejamos e queremos, deve ser também a medida da bênção que precisamos comunicar aos outros.

Deus te abençoe! É uma expressão carregada do melhor que podemos desejar a alguém. Este desejo que brota do senso de humanidade e da fé, pode sair dos lábios de todos. Porém, se torna mais autêntico quando brota do coração que sintoniza com Deus sempre pronto a nos abençoar.

Deus te abençoe ao começar o dia, ao sair para o trabalho ou para a escola, ao empreender uma viagem ou iniciar uma obra! Deus te abençoe na doença para que chegue a cura! Deus te abençoe sempre é o que sempre podemos desejar, sem medo de nos enganar.

Frei Luiz Turra, ‘No Coração da Vida’, Programas Radiofônicos Vol. 03.