Fundo
Domingo, 14 de Agosto de 2022
Paulinas - A comunicação a serviço da vida

Evangelho do dia 14/05/2022

São Matias, Apóstolo, festa - Ano C - Vermelha
1ª Leitura: At 1,15-17.20-26 Salmo: Sl 113(112) - Seja bendito o nome do Senhor.
evangelho
Permanecei no meu amor - Jo 15,9-17

“Como meu Pai me ama, assim também eu vos amo. Permanecei no meu amor. Se observardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor, assim como eu observei o que mandou meu Pai e permaneço no seu amor. Eu vos disse isso, para que a minha alegria esteja em vós, e a vossa alegria seja completa. Este é o meu mandamento: amai-vos uns aos outros, assim como eu vos amei. Ninguém tem amor maior do que aquele que dá a vida por seus amigos. Vós sois meus amigos, se fizerdes o que eu vos mando. Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz o seu Senhor. Eu vos chamo amigos, porque vos dei a conhecer tudo o que ouvi de meu Pai. Não fostes vós que me escolhestes; fui eu que vos escolhi e vos designei, para dardes fruto e para que o vosso fruto permaneça. Assim, tudo o que pedirdes ao Pai, em meu nome, ele vos dará. O que eu vos mando é que vos ameis uns aos outros.”

Bíblia Sagrada, tradução da CNBB, 2ª ed., 2002.
Clique nos títulos para ler o conteúdo.
Oração Inicial

São Matias Apóstolo, testemunha da ressurreição de Cristo.
Abrindo nosso coração, façamos nossa oração com esta Palavra que nos acompanhará durante o dia. “Não fostes vós que me escolhestes, mas fui eu que vos escolhi para irdes e para que produzais fruto.”


Peçamos: “Ó Divino Espírito, ensina-me tudo quanto Jesus ensinou. Dá-me inteligência para entender; memória para lembrar; vontade dócil para praticar; coração generoso para corresponder aos teus convites. Amém.”

Leitura (Verdade)

Faça a leitura do Evangelho quantas vezes julgar necessário. Destaque as advertências e as promessas que Jesus faz aos seus discípulos.

Evangelho: Jo 15,9-17 “Como meu Pai me ama, assim também eu vos amo. Permanecei no meu amor. Se observardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor, assim como eu observei o que mandou meu Pai e permaneço no seu amor. Eu vos disse isso, para que a minha alegria esteja em vós, e a vossa alegria seja completa. Este é o meu mandamento: amai-vos uns aos outros, assim como eu vos amei. Ninguém tem amor maior do que aquele que dá a vida por seus amigos. Vós sois meus amigos, se fizerdes o que eu vos mando. Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz o seu Senhor. Eu vos chamo amigos, porque vos dei a conhecer tudo o que ouvi de meu Pai. Não fostes vós que me escolhestes; fui eu que vos escolhi e vos designei, para dardes fruto e para que o vosso fruto permaneça. Assim, tudo o que pedirdes ao Pai, em meu nome, ele vos dará. O que eu vos mando é que vos ameis uns aos outros.”

“Nossa grande vocação é estar no amor do Pai, acolher seu amor e amá-lo. Este, no fundo, é o grande sonho de cada ser humano: estar em comunhão com Deus. Jesus, o Filho, que é um com o Pai, nos introduz nesse mistério de comunhão. Por Jesus, entramos na comunhão de amor com o Pai. Do jeito que ele está unido ao Pai, queremos estar unidos a Jesus. E esse amor que une Pai e Filho, Jesus e nós, se irradia para o relacionamento com nosso próximo. É o novo mandamento: o amor fraterno, em que se alimenta e se expressa o amor a Cristo. No amor, ele nos escolheu, nos contou tudo e deu sua vida por nós. Mais do que servos, somos seus amigos. E, unidos ao Filho, o que pedirmos ao Pai, ele nos concederá.” (Viver a Palavra – 2022. Pe. João Carlos Ribeiro - Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)

Este é o momento de meditar o Evangelho lido e escutar o que Deus quer lhe dizer por meio de sua Palavra. Retome a leitura do Evangelho, deixe-se tocar profundamente por Deus e medite sua Palavra.

Permanecer no amor de Jesus é observar seus ensinamentos e, no amor e por amor, formar comunhão com o Pai e com a humanidade. O que o texto diz para mim?

Oração (Vida)

O que o texto o(a) leva a dizer a Deus? Silencie seu coração e apresente ao Senhor, Deus de amor e compaixão, a sua oração. Abra-se ao Senhor e conte-lhe o que deseja que Ele purifique em você: espiritual, psicológica ou fisicamente. Ele, com amor e carinho de Pai, o(a) escuta.

Contemplação (Vida e Missão)

O Senhor que o(a) chamou é fiel. Sintetize em uma palavra o que você deseja viver hoje.

Bênção

- Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
- Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
- Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
- Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

Ir. Carmen Maria Pulga

O evangelho diz: “Não fostes vós que me escolhestes; fui eu que vos escolhi…”. Os apóstolos (doze) foram chamados por ele. No entanto, um dos escolhidos por Jesus traiu essa confiança: Judas. Depois da ascensão (At 1,9ss), a Igreja, sob a coordenação de Pedro, teve que preencher o vazio deixado pelo traidor. Pedro, com os demais apóstolos, escolhe alguém que pode ser integrado ao grupo dos onze para novamente formar os Doze e continuar a missão iniciada por Jesus: Matias (At 1,15ss). Desse fato resultam alguns pontos importantes: 1) o papel de Matias, escolhido pela Igreja para ser apóstolo; 2) a coordenação de Pedro nessa escolha; 3) a importância dos Doze para testemunhar a paixão, morte e ressurreição de Jesus. A Igreja é apostólica: sua base vem da sucessão dos apóstolos. Matias é o primeiro escolhido pela Igreja. Essa escolha é Jesus agindo na Igreja.

Frei Bruno Godofredo Glaab, ‘A Bíblia dia a dia 2022’, Paulinas.