Fundo
Terça-feira, 01 de Dezembro de 2020
Baixe o app do Comece o dia feliz
Play Store App Store
Texto de Maria do dia 22 de novembro
Bendita entre as mulheres
Bendita entre as mulheres
Domenico Ghirlandaio

Que delicadeza, que graça, a visita de Maria à prima Isabel! Uma e outra depositárias de uma maternidade iminente: para a Virgem mãe, a mais sagrada maternidade possível de se imaginar na terra. Uma doce harmonia se alterna nos dois cantos que se entrelaçam: “Bendita és tu entre as mulheres” (Lc 1,42), de um lado; e, de outro: “O Senhor pôs os olhos sobre a sua humilde serva. Doravante todas as gerações me proclamarão bem-aventurada” (Lc 1,48).

O que acontece traz uma luz, ao mesmo tempo muito humana e celeste, aos que constituem os relacionamentos que ligam as boas famílias cristãs, educadas na escola antiga do santo Rosário: Rosário recitado todas as noites em casa, no círculo familiar; Rosário recitado, não em uma ou cem ou mil famílias, mas por todas, por todos, em todos os lugares da terra, onde quer que “sofre, combate e reza” qualquer um de nós, chamado por uma alta inspiração, pela caridade missionária ou por um sonho de apostolado; ou, então, chamado por um dos muitos motivos, tão legítimos que são até obrigatórios, como os do trabalho, do comércio, do estudo, do ensino, de qualquer outra ocupação (DMC, III, 763).

Do livro: “Maio com Maria e o Papa João XXIII”, Paulinas Editora.