Fundo
Sexta-feira, 15 de Novembro de 2019
Baixe o app do Comece o dia feliz
Play Store App Store
Texto de Maria do dia 11 de setembro
Maria deu a seu Senhor um sim responsável
Maria deu a seu Senhor um sim responsável
Fra Angélico

Quem é Maria, a quem o anjo Gabriel foi enviado? E, já que os olhos de Deus pousaram sobre ela, convidando-a a uma missão única na história da salvação, é importante saber o que ela tem a nos ensinar, a nós, homens e mulheres do terceiro milênio.

Há uma literatura devocional que apresenta a Mãe de Jesus ou como uma mulher alienada, que pouco teria a nos ensinar, ou tão gloriosa, que ficaria distante demais de nosso dia a dia. Tais imagens nada têm em comum com o rosto que os evangelistas pintaram de Maria. Para conhecer, pois, a jovem de Nazaré, é preciso abrir o Evangelho.

A página da anunciação nos mostra que Maria deu a seu Senhor um sim responsável. Abandonando-se à vontade de Deus, demonstrou ser uma mulher forte, tendo uma visão de Deus semelhante à que tinham os profetas: seu Deus é aquele que dispersa os orgulhosos, derruba os poderosos de seus tronos e exalta os humildes.

Foi uma mulher que conheceu de perto a pobreza, o exílio e o sofrimento. Escolhida para a mais importante missão a que uma criatura poderia ter sido chamada, longe de fechar-se num intimismo egoísta, foi ao encontro de Isabel, porque sabia que sua parenta necessitava de auxílio; interessou-se, em Caná, pelas necessidades da festa de um casamento; e, quando a comunidade dos apóstolos e discípulos, em oração, preparava-se para a realização da promessa do Pai — o batismo do Espírito Santo —,  lá estava Maria, perseverando na oração em comum.

ORAÇÃO:
Mãe de Jesus e minha Mãe! Estende tua ajuda para nossas famílias, para cada família. Apressa-te em levar para elas a mensagem de salvação de teu Filho. Que cada lar seja um ambiente de amor. Nenhuma força humana seja capaz de destruir o bem e a beleza que só a família pode fazer nascer nos corações das novas gerações. Que a bondade triunfe sobre a fraqueza humana e o nome de Deus seja invocado em todos os lares. Intercede por aquelas famílias em que não há lugar para teu Filho e, por isso, falta o amor, inexiste o diálogo e não se conhece o perdão. Intercede também, e particularmente, pelas que sofrem com a fome, o desemprego e a doença. Amém.

Reflexão e oração do livro: 'Um mês com Maria", Paulinas Editora.