Fundo
Domingo, 14 de Agosto de 2022
Paulinas - A comunicação a serviço da vida
Mensagem do dia 23 de junho
Só a beleza nos salvará
Só a beleza nos salvará
Freeimages

A natureza não é só para entender e respeitar, mas é uma mãe para ser amada.
Uma mãe que sabe mais do que nós, uma velha moça emancipada. Uma mãe que nos sorri, nos acaricia e nos mima, mas também nos recrimina.

A natureza é uma irmã, como a água, e um irmão tão indispensável como o oxigênio e o ar e o vento que varre a sujeira e nos traz antigos odores e novas aragens matutinas.

A natureza é uma mãe que no seu grande e bondoso útero abriga todos os seus filhos, os nascidos e também os que morreram, para presenteá-los a nós quando os pedirmos. É a mulher mais bela que existe, a mais fascinante e a mais encantadora.

Mas é bela se é natural, sem maquiagem nem cosméticos químicos.
É bela se é água e sabão, se é pura simplicidade.
Somente se nos assombramos a cada momento, pela sua grandeza e por todo o seu esplendor, só então a sua beleza nos salvará.

Giuliana Martirani, do livro: "A civilização da ternura" Paulinas Editora.