Fundo
Terça-feira, 01 de Dezembro de 2020
Baixe o app do Comece o dia feliz
Play Store App Store
Dica de Vida Saudável do dia 22 de novembro
Como compor uma lancheira saudável?
Como compor uma lancheira saudável?
Freeimages

A preocupação com a alimentação da criança começa antes mesmo de seu nascimento. Na gravidez, a mulher já sente a responsabilidade de cuidar do filho a partir da forma como se alimenta. Depois do período de amamentação, vêm as primeiras papinhas, sucos, mingaus e frutas. Até que chega a hora de preparar a lancheira, e isso acaba gerando algumas dúvidas: O que levar em conta? Quais são os alimentos essenciais para a dieta dos pequenos? O que deve ser evitado?

É importante considerar o apetite da criança. Não adianta escolher alimentos que não agradam ao seu paladar, dessa forma corre-se o risco de o lanche ser rejeitado. A lancheira saudável precisa conter um alimento energético (barra de cereais, biscoito sem recheio ou pães integrais), um alimento construtor (iogurte, achocolatado ou queijo), e um alimento regulador (frutas frescas ou secas, sucos naturais ou água de coco).

Variar sempre é importante, para que a criança não se canse do mesmo lanche. "O cardápio deve ser montado de acordo com a rotina e as necessidades fisiológicas da criança. Para conscientizar os pequenos sobre a importância da boa alimentação, vale a pena explicar que as engrenagens do organismo precisam das vitaminas e minerais presentes nos legumes e vegetais" - orienta a nutricionista Priscila de Mattos Machado.

Na hora de compor a lancheira, o freezer mostra-se um grande aliado. Bolos, sucos e lanches ficam mais frescos e saborosos até a hora do recreio. Quando semicongelados, os lanches se conservam melhor, mas quando vão do freezer à lancheira não podem conter maionese nem margarina, que correm o risco de estragar.

Dê preferência a lancheiras térmicas e preste atenção na maneira como acondiciona os alimentos. "Os lanches e frutas devem ser colocados em potes plásticos com tampa" - acrescenta Priscila Machado. A bolsa de gel térmico pode ser usada, já que ajuda a manter a temperatura adequada.

Alguns cuidados importantes:
* Opte por embalagens longa-vida, pois são mais práticas e higiênicas.
* Os pães devem ser variados nos sabores, tamanhos e formas.
* Recomende à criança que não jogue fora o que sobra do lanche. Peça a ele que traga de volta para casa, assim você saberá o quanto ele consumiu.
* A fruta pode ser consumida in natura ou em forma de suco.
* O suco pode ser substituído por chá.
* Os queijos tipo peti suisse são ótimas opções de cálcio e proteínas, mas não devem ser oferecidos a crianças menores de 1 ano.

Juliana Borga/Revista Família Cristã, edição 892.