Fundo
Domingo, 24 de Outubro de 2021
Baixe o app do Comece o dia feliz
Play Store App Store
Data comemorativa do dia 14 de outubro
Dia Nacional do Meteorologista
Dia Nacional do Meteorologista
Wikipedia Commus

A meteorologia é a ciência que estuda os fenômenos físicos da atmosfera e sua interação com os oceanos. Utilizando-se das leis da física e da matemática, a meteorologia pretende entender, descrever e predizer os fenômenos climáticos. Outra função da meteorologia é tentar estabelecer medidas de controle sobre a atmosfera, sobretudo com relação a chuvas, geadas e furacões.

O meteorologista é, por conseguinte, o cientista que estuda e aplica a ciência da meteorologia, a qual vem se beneficiando, cada vez mais, dos avanços da tecnologia e da telecomunicação. Equipamentos mais sofisticados permitem que se observe melhor a atmosfera e proporcionam métodos aprimorados de previsão do tempo. As telecomunicações, por sua vez, cuidam para que as informações cheguem, o mais rápido possível, à sociedade. Os satélites, o rádio, a televisão e a internet têm exercido um papel eficiente na divulgação das informações meteorológicas.

O meteorologista é um técnico formado após quatro anos de curso universitário. A profissão é regulamentada pela lei federal n. 6.835, de 14/10/1980. Os profissionais de nível médio e superior precisam filiar-se ao Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia.

Dependendo do ramo que o meteorologista escolher, ele poderá atuar em:
- centros de previsão do tempo e de estudos climáticos;
- centros de pesquisas agropecuárias;
- instituições de ensino e pesquisa em meteorologia;
- órgãos operacionais específicos de aplicação da meteorologia em tráfego aéreo e marítimo;
- órgãos operacionais de meteorologia em: previsão e observação do tempo, planejamento, manutenção, controle e formação de pessoal;
- empresas de construção (planejamento e conforto ambiental);
- serviços de consultoria técnica etc.

A atuação do meteorologista é muito importante, pois os fenômenos climáticos afetam diretamente a sociedade. Enchentes, invernos rigorosos, estiagens, vendavais e períodos chuvosos são exemplos de como o clima pode atingir a vida do ser humano e o processo econômico. Não só o campo sofre com as agressões da natureza, mas também as grandes cidades, que estão sujeitas, sobretudo, às enchentes provocadas pelas chuvas. A correta previsão do tempo pode ajudar a salvar o patrimônio público e, principalmente, a vida de pessoas que moram em áreas de risco.

Retirado do livro: “Datas comemorativas cívicas e históricas”, Paulinas Editora.